exibições 9.914
Foto do artista Evaldo Freire

Eu estava muito triste
Sentado em uma praça
Sem ninguém pra me amar

Apareceu um cigana
Muito bonita e bacana
Querendo me ajudar

Ela me olhou sorrindo
Dizendo estou sentido
Meu coração palpitar

Por você que é solitário
Mas te digo o contrário
Eu não quero te amar

Na sua mãozinha esquerda
Tinha um lenço vermelho
E em cima de mim jogou

Eu fiquei desesperado
Muito louco apaixonado
Lhe chamando de amor

Te amo cigana
Ciganinha feiticeira
Acabou meu sofrimento
Te quero em casamento
Pra não te ver solteira

Te amo cigana
Ciganinha feiticeira
Acabou meu sofrimento
Te quero em casamento
Pra não te ver solteira.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir