Não suporto mais te ver assim
Tão solitário e tão carente e eu tão ausente
Olha a vida que deram pra gente
Não me importo mais em ser assim
Tão complicado, mas valente, sigo em frente
Faço tudo que for diferente

Mas correr atrás já é demais
Se você corre para trás
Eu tenho direito de seguir em frente
Que atrás vem um monte de gente
E se algum momento o sentimento te diz
Que eu não te amo, não tem cabimento eu não aguento
Não ter o seu reconhecimento, vai!

Eu sinto falta de você
Sei a falta que é você
Sinto falta de você
Sei a falta que é você

Não suporto mais viver assim
Pela metade sem maldade
É a realidade, é o meu coração que não mente
Não me importo mais em ser assim
Tão isolado e tão distante
É importante
Saber um do outro o que sente

Mas correr atrás já é demais
Se você corre para trás
Eu tenho direito de seguir em frente
Que atrás vem um monte de gente
E se algum momento o sentimento te diz
Que eu não te amo, não tem cabimento eu não aguento
Não ter o seu reconhecimento, vai!

Eu sinto falta de você
Sei a falta que é você
Sinto falta de você
Sei a falta que é você

Simbora!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Legendado por Barbara. Revisões por 5 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog