Bloco Rap Rio

Fernanda Abreu

exibições 3.037

Aí rapaziada!
Essa faixa é dedicada
Pra galera da pesada
Vamos fazê bonito!
Na bateria tem Bodão
Suingue classe A, meu irmão
No contrabaixo, o maestro Aurélio
Sua pegada é um caso sério
E na guitarra animal
O indomável Fernando Vidal
No sampler não tem pra ninguém
É o Berna, o computer man
No Hammond e Rhodes
Quem abusa é Ricardo Fiúza
E nos vocais tem que aturar
Julinho e Tchê vão abalar
E na percussão, não sei não...
Diz aí Jovi, meu irmão!
Não preciso da harmonia nem tampouco a melodia
Pra fazer meu manifesto
Legalize, legalize
Não posso mais ouvir dizer que eu não presto
Jurisprudência, hipocrisia
Não sou filho de bacana pra viver na mordomia
Aperta a pamonha
Olha a pamonha
Olha o preto, olha o branco, olha o índio, olha a verdinha
Quem vai querer comprar pamonha?
Quem vai querer?
Quem vai querer comprar?
Um tiro, um tapa, um tapa, um teco, um teco, um tiro, um tiro
Um tiro, um tapa, um tapa, um teco, um teco, um tiro, um tiro
Free free Mike Tyson free
Free free Mike Ttson free
Você que anda cabisbaixo
Sem ter o que fazer
De saco cheio do seu rádio
E da voz da TV
Tudo que você escuta te parece igual
A solução pros seus problemas acabou de chegar
É radical - party!
É radical - party!
O nosso clube é diferente
Todo mundo é igual
Não tem feio nem bonito
Antigo ou atual
Fausto Fawcett, Funk Fuckers, O Rappa, Planet Hemp
Arícia Mess, Elza Soares, Tony Tornado, Simonal
Cartola, Cassiano, Pixinguinha, Black Rio
Tim Maia, Ademir, Funk'n Lata, Nélson Cavaquinho
Fundo de Quintal, Robson Jorge, Candeia, João Nogueira
Martinho da Vila, Paulinho da Viola, Xangô da Mangueira
D. Ivone Lara, Nélson Sargento, Cidade Negra, Blecaute
Paulo Moura, Sandra de Sá, Clementina, Johnny Alf
Marrom, Donga, Zoli, Ed Motta, Benjor, Dicró, Jamelão
Monarca, Marçal,
Melodia, Jovelina, Erlon Chaves e Leci Brandão
Elizete, Zé Keti, Bezerra, Morengueira, Noca e Ciro Monteiro
É o sangue negro correndo nas veias desse Rio brasileiro
Que bloco é esse
Que eu quero saber
É o mundo negro que viemos
Mostrar pra você
Pra você
Somo crioulo doido
Somo bem legal
Temo cabelo duro
Somo black pow
Mas deixe que digam, que pensem, que falem
Deixa isso pra lá, vem pra cá, o que é que tem?
Eu não tô fazendo nada, você também
Faz mal bater um papo e dar doisinho com alguém?
Ganja!!!
Hip hop Rio, é
Planet Hemp
Sempre nuven de fumaça
Tão depressa que nem sente
Eu sou do samba, sou do reggae, sou do rap, sou do soul
Mas também sou do hip hop, do hip hop eu sou
Porque o som entra na cabeça e não tem hora
Quero ver ficar de fora
Quero ver ficar de fora
Então meu irmão
Procure se informar
Porque uma erva natural não pode te prejudicar
Legalize já, legalize já
Que uma erva natural não pode te prejudicar
Pode crer amizade
Pode crer amizade
Pode crer
Pode crer
Falei e tá falado, bicho
Tem que ser assim
Tu não tá na boa, viu
Tem que se ligar, tem que se ligar
O Rio é uma cidade de cidades misturadas
O Rio é uma cidade de cidades camufladas
Te impondo todo o tipo de volúpia, todo o tipo de luxúria
Suburbana, favelada, emergente, bandidinha
O Rio é a cidade invocação de Zona Franca geral
Liberdade total
Cidade samba-funk geral
Free free Mike Tyson free
Free free Mike Tyson free

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir