Vem de fato e junto
Desata meu eu
E invade meu mundo
Que agora é muito mais teu que meu

Mergulho ou afundo
Invadindo o templo seu
Mostrando o seu tudo
E eu fazendo ele se confundir com o meu

Onde mora esse querer
Me diz qual o segredo
Onde habita esse prazer

Pois quero de fato
O trato, o afago, o tato, o arrepio
Salgado, doce, amargo, certeza ou na barriga aquele frio
Sozinho eu quero a falta de te ter
Ainda que eu quisesse eu sei sou incapaz te esquecer
Me toca e faz de mim eu me perder

Onde mora esse querer
Me diz qual o segredo
Onde habita esse prazer

Me toca e faz de mim eu me esquecer

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir