Se eu uso a manga da camisa que é dobrada
A calça bag bem rasgada é porque eu sou fulêro

Se eu vou pro centro no domingo
Do perfume eu uso um pingo
Que deixa fedendo o prédio inteiro

Pente redondo tem
Cê me pergunta eu lhe respondo
Eu tomo pinga com a dominga dançando curtindo wando

E não consigo nem levantar pra mudar o disco
Um bicho velho cheio de risco mau serve pra abanar

Eu tô comendo bem no restaurante morte lenta
A cozinheira é uma nojenta
Que vive limpando a venta no avental

Eu tô passando mal tô com saudade mainha
Ô mãe! vê se me manda um dinheiro
Que eu tô no banheiro
E não tem nem papel pra cagar
Ô mãe! esse seu filho é maneiro
Aqui no estrangeiro nenhuma mulher
Que me dá

Meu cabelo eu não sei quem rapô
Entupiu a privada entupiu
Ai, meu deus!
Oh oh ah ah...uh

Cê é bonito
Cê é bonito
Cê é bonito demais
Ocê é um cara manêro
Cê é bonito
Cê é bonito
Cê é bonito demais
Bonito mais que o mundo inteiro
(repete refrão)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir