Os Corações Não São Iguais

Forrozão Tropykália

exibições 2.449

Você tem o tempo que quiser
De você aceito o que vier
Menos solidão
Me promete tudo outra vez
A esperança louca de um talvez
Me basta a ilusão
Só te peço um brilho de um luar
Eu só quero um sonho pra sonhar
Um lugar pra mim
Eu só quero um tema pra viver
Versos de um poema pra dizer
Que eu te aceito assim
O que eu sei é que jamais
Vou te esquecer
Eu me agarro nessas fantasias
Pra sobreviver
Eu não sei se estou vivendo
De emoção
Mas invento você todo dia no meu
Coração
Deixe saudade e nada mais
Porque é que os corações não são iguais
Diga que um dia vai voltar pra que eu passe
A minha vida inteira me enganando
Pra que eu passe a minha vida inteira te esperando

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Augusto Cesar / Paulo Sérgio Valle · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Kaio
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.