Um belo dia
Um disco voador
Pousou no meu telhado
E um ET se aproximou
Me disse assim
Vou te levar pra casa
Vai fazendo a tua mala
E desfazendo esse temor

Considerei a possibilidade
De virar celebridade
Minha nossa, já pensou!
Foto n'O Globo
No New York Times
Viajar o mundo inteiro
Pra contar o que passou

E foi assim que eu embarquei na espaçonave
Para procurar a chave do espaço exterior
Impressionado com a tecnologia
E com tudo que eu via
Que jamais ninguém contou

La pelas tantas, o ET, meio esquisito
Sussurou no meu ouvido:
- Tá gostando, meu amor?

E colocando a sua mão de sete dedos
Por cima do meu joelho
O cretino me beijou

Compreendi então o que acontecia
Não é só lá na "terrinha"
Que tem vida, não senhor!
Desesperado eu procurei uma saída
E descobri, quando corria,
Que eu não "tava" no metrô

Aí, então,
Aconteceu
O ET e EU
Pois é, irmão
Paciência
Tudo em nome da Ciência
Tudo em nome da Ciência
Tudo em nome da Ciência...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts