O álcool ainda tá no sangue
Mais uma noite foi virada
Entre a saudade e a cachaça
Eu tô morrendo de ressaca

Eu não tenho mais figado pra te amar
Tô bebendo seu desprezo
Há mais de uma semana

Cada chamada recusada
Mais uma dose na comanda

De dose em dose, eu encho a cara
Você é o motivo da minha cachaça
Cê tá me castigando, me desculpa, vai com calma
Manera aí, porque paixão não mata, mas maltrata

De dose em dose, eu encho a cara
Você é o motivo da minha cachaça
Cê tá me castigando, me desculpa, vai com calma
Manera aí, porque paixão não mata, mas maltrata

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir