Bem cansado de pagode
Me mandei pro Ceará

Mas eu fui passear
Fui passear no Norte
Gostei muito, tive sorte
Conheci o Ceará, o meu Ceará
Encontrei uma cearense que gostou de mim
Tenha paciência oh! cearense eu não quero nada porque

Ceará botou Santo Antônio na jangada (2x)

Amigo se for à Recife
Me traga um rifle de papo amarelo
Também me traga uma caixa de bala
Que dê no calibre do meu parabelo

Se você for na Bahia
Me traga uma caixa de bala dum-dum
Eu preciso munição
Pra botar no oitão e pegar um por um

Fui passear no Norte
Gostei muito, tive sorte
Conheci o Ceará, o meu Ceará
Encontrei uma cearense que gostou de mim
Tenha paciência oh!cearense eu não quero nada porque

Ceará botou Santo Antônio na jangada

Moemá morenou
A água do mar te molhou sol da Bahia te queimou
Teu corpo morena morenou

Baiana serrana
Eu queria partir
E ela me pediu para eu não ir
Dizendo se eu abandonasse a Serrinha
Ela jamais seria minha
Então eu resolvia é ficar

Pra não ver a minha baianinha chorar

Seu Chico Bento Bota a camisa pra dentro
Quem mandou foi o sargento do primeiro batalhão
Houve uma blitz no morro do Juramento
Foi tremendo fufuvuco
Foi tremenda confusão

Tô de roda na esquina
Cacetete de borracha não pode faltar
Eu dou em cima, dou no meio, dou embaixo
Quem mandou foi o sargento da polícia militar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir