Queria Ter Asas Pra Voar

Gabriel de Janaúba


Queria ter asas pra voar
Voar bem alto sem parar
Talvez passaria a minha dor
Queria ter asas pra voar
Bem distante pra não mais lembrar
De tudo que a minha vida passou, um novo começo

Mas estou ferido nesta guerra
Me disseram que eu não vou chegar
Que a minha alma não irá ao céu chegar
É grande o vazio em que eu estou
A todo momento a minha dor
Me faz imaginar que é a última canção que eu vou cantar
Mas hoje eu imploro, meu Senhor
Atende agora o meu clamor
Eu quero voar, mesmo ferido
Eu sei que posso chegar

A minha condição não pode me deter
A minha dor não pode me parar
Tu arrancou Lázaro da sepultura
Quem é essa dor pra me matar?
Eu quero confiar que eu vou chegar
Preciso de um sinal vem me abraçar, Senhor

Meu filho, eu te ouvi, vou te responder
Eu te criei foi pra vencer
Tuas asas feridas vou curar
Até sobre o oceano você pode voar
A tua dor foi Eu quem coloquei
Somente pra te estruturar, eu sou teu Rei
Chegou o tempo de você sorrir e cantar
Então se alegra

A tua alma vai chegar
Vai viver comigo aqui
Aonde tudo é de ouro
Gabriel e os Querubim tá aqui
Os anjos e o arcanjo Miguel
Te esperam pra cantar no céu
Basta acreditar que o tempo de cantar chegou
Canta irmão, canta mocidade
Porque Deus chegou nessa oração

Eu vejo um cavalo branco galopando
Um anjo com a espada lutando
E Deus falou pra mim que vem pra esta oração
Então toca, toca agora em comunhão
O céu já está aberto pra te visitar
Uma chave dourada eu tô vendo chegar

Eu mando na justiça, eu mando na terra, irmão
Eu calo o inferno pra ouvir tua canção
Quem tem um glória dá um glória, vem na comunhão
Quem toca corda, agora toca o seu violão
Meus irmãos, eu vim aqui sem nada na mão
Já tô tomado pra te anunciar uma visão
É tempo de você cantar, ninguém vai impedir
Vou abraçar, a tua alma vai voltar a sorrir
Tua linguagem é o fogo que vai queimar
O inimigo e a tribo dos Medianitas

Vem na comunhão, vem na comunhão
Porque Deus chegou, nesta oração
Ele leu as crônicas e me contou
Falou pra mim que o seu tempo agora chegou
É porta aberta e o inimigo vai se calar
Eu vou marchando e minha glória vai te visitar
Quem acredita nesta casa Deus irá passar
A mocidade que tá aqui Deus vai abençoar
É tempo de cantar, é tempo de cantar

Eu não te conheço, mas Deus quem te formou
Falou pra mim que o seu tempo agora chegou
É porta aberta e o inimigo vai se calar
Eu vou marchando e minha glória vai te visitar
Quem acredita nesta casa Deus irá passar
A mocidade que tá aqui Deus vai abençoar
É tempo de cantar, é tempo de cantar

Deus está vindo pra te libertar
Se tu crê, hoje é o dia de Deus te exaltar
Mais vale o tesouro que o ladrão não roubar
Hoje Eu vou cessar a tua prova
De madrugada Eu vi você me perguntar
Meu Deus quando é que eu irei cantar?

Quantas promessas tu me fez mas nada aconteceu
Espera um pouco, Eu não minto, Eu sou o teu Deus
Eu vou, eu vou, eu vou chegar
E quando Eu chegar o inferno vai fechar
Mostrarei pra terra e todas nações
Eu sou contigo, Eu sou contigo
Vem na comunhão, vem na comunhão
Porque Deus chegou nesta oração

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Gabriel de Janaúba. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Alex. Revisões por 4 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog