Festa do Interior

Gal Costa


Fagulhas, pontas de agulhas
Brilham estrelas de São João
Babados, xotes e xaxados
Segura as pontas, meu coração
Bombas na guerra-magia
Ninguém matava, ninguém morria

Nas trincheiras da alegria
O que explodia era o amor
Nas trincheiras da alegria
O que explodia era o amor

Fagulhas, pontas de agulhas
Brilham estrelas de São João
Babados, xotes e xaxados
Segura as pontas, meu coração
Bombas na guerra-magia
Ninguém matava, ninguém morria

Nas trincheiras da alegria
O que explodia era o amor
Nas trincheiras da alegria
O que explodia era o amor

Ardia aquela fogueira que me esquentava
A vida inteira, eterna noite
Sempre a primeira festa do Interior
Ardia aquela fogueira que me esquentava
A vida inteira, eterna noite
Sempre a primeira festa do Interior

Fagulhas, pontas de agulhas
Brilham estrelas de São João
Babados, xotes e xaxados
Segura as pontas, meu coração
Bombas na guerra-magia
Ninguém matava, ninguém morria

Nas trincheiras da alegria
O que explodia era o amor
Nas trincheiras da alegria
O que explodia era o amor

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Abel Silva / Moraes Moreira. Essa informação está errada? Nos avise.
Legendado por Mââýh. Revisões por 4 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts