Sapo cururu,
Na beira do rio,
Quando o sapo canta, ô maninha,
É porque tem frio.

A mulher do sapo,
Deve estar lá dentro,
Fazendo rendinha, ô maninha,
Para o casamento.

(repete quatro vezes a letra acima)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir