Marupiara Iniciação Mundurukú

Boi Garantido


Místico reino sagrado
Palco de guerras colossais
Mundurukânia, mundurukânia
Guardiã dos segredos tribais
Palco de grandes rituais
Mundurukânia, mundurukânia

Um novo Paiquicé se revelará
No verde universo
Que veste a grande mundurukânia
Nas águas que guardam
Os mistérios do tempo
Do Madeira ao Juruena
Do Tapajós ao Paraná-uaçu

Um novo Paiquicé se revelará
Na iniciação
Do guerreiro Marupiara
Se unem aos ritos
Os Mundurukús
Os Muras, os Parintintin
Os Saterê-Mawé

Na viagem
Os caminhos da morte
A força e a coragem
Pra se libertar
Para o jovem guerreiro
Só a sorte não basta
Pra se consagrar

Ó pajé me dê força
Pra coragem não me faltar
Pra coragem não me faltar
Me liberta do medo
Me releva os segredos
Pra consagração

Místico reino sagrado
Palco de guerra colossais
Mundurukânia, mundurukânia
Guardiã dos segredos tribais
Palco de grandes rituais
Mundurukânia, mundurukânia

Um novo Paiquicé se revelará
Na viagem
Aos caminhos da morte
A força e a coragem
Pra se libertar
Para o jovem guerreiros
Só a sorte não basta
Pra se consagrar

No remanso das piranhas
Na maloca dos espíritos
A coragem não faltará
Na toca das tucandeiras
No nicho do jaguar
A coragem não faltará

No temido serpentário
Na cachoeira do inferno
Na praia do jacaré
A coragem não faltará

Marupiara, honras e glórias
Aos novo guerreiro
Marupiara, na testa
A marca sagrada da Lua nova
Marupiara, em sete dias
Sete virgens para bem amar

Marupiara, és o novo guerreiro
Marupiara, na testa
A marca sagrada da Lua
Marupiara, em sete dias
Sete virgens para bem amar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Eneas Dias / Aldson Leão. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais no Blog