Vejo de longe a poeira subindo
O alvoroço tá vindo
É gente encarnada tinindo
É o povo do Boi Garantido
Fica na frente que eu duvido!

Vem de vermelho, cheio de arrêto
Vem da rua, vem do beco
Aqui o povo do garrote pisa forte
E faz a terra tremer

Então vem!
Jogue os braços para o alto
Finge que tá no palco
Inventa um passo e vem brincar de boi-bumbá
Como se fosse o dono do mundo e diz que manda em tudo
E paga uma rodada pra turma da Batucada que o couro vai comer

Boi, ser perreché, pra quem quiser, pode chegar, pra quem vier

Garantido vem matar minha saudade
Pra completar essa vontade
Arria logo outra grade
Que a galera aqui na baixa quer brincar de boi

Ser perreché, pra quem quiser, pode chegar, pra quem vier

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts