exibições 14.155

Aventuras do Coló

Gaúcho da Fronteira


Vaneira

Eu tenho um cachorrinho
Que ganhei da minha avó
Pretinho, lanudinho
Tem o nome de coló!

Deram pra ele feijoada com jiló
Essa mistura danada deu colite no coló -
Foi brincadeira o que o bichinho sofreu
Eu não pude descobrir a onde o coló comeu.
A onde o coló comeu, a onde o coló comeu,
Eu não pude descobrir a onde o coló comeu.

Um outro dia ele veio se lambendo
E eu tentei descobrir a onde ele andou comendo;
Não descobri nem por nada deste mundo
Se o Coló comeu na frente, ou se o Coló comeu no fundo.
Se o Coló comeu na frente, se o Coló comeu na fundo,
Eu não pude descobrir nem por nada deste mundo.

Chegou em casa numa disparada louca
Com a asa de um pintinho atravessado na boca -
Eu peguei ele, dei uma surra de cinto
Mas não pode descobrir onde Coló comeu pinto.
Onde Coló comeu pinto, onde Coló comeu pinto,
Eu não pude descobrir onde Coló comeu pinto.

Ainda hoje dei uma flagra no Coló
Comendo ovo no ninho da galinha carijó
Mas isso nunca vai acontecer de novo,
Agora já descobri onde o Coló comeu ovo.
Onde o Coló comeu ovo, onde o Coló comeu ovo.
Agora já descobri onde o Coló comeu ovo.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Guilherme Cassiano Quaiatto / Velho Milongueiro · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por VALDERI
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.