exibições 23.670
Foto do artista Gaúcho da Fronteira

Eu sou gaúcho, gaúcho macho.
Comigo e bala no bucho e o buraco e mais embaixo,
Eu sou gaúcho, gaúcho macho.
Comigo e bala no bucho e o buraco e mais embaixo.

Tenho um amigo valente que me chama meu irmão,
Achou o cobra-cruzera, pegou o bicho na mão,
Comprovei que o meu amigo tinha coragem de sobra,
Encontrei ele maquiando sentado em riba da cobra.

Eu sou gaúcho, gaúcho macho.
Comigo e bala no bucho e o buraco e mais embaixo,
Eu sou gaúcho, gaúcho macho.
Comigo e bala no bucho e o buraco e mais embaixo.

Quando eu era gurizote descobri uma novidade,
Que os guri cheiravam cola lá no centro da cidade,
Fui dar uma cheiradinha mais não fiz nada direito,
Peguei na cola da égua e levei um coice nos peito.

Eu sou gaúcho, gaúcho macho.
Comigo e bala no bucho e o buraco e mais embaixo,
Eu sou gaúcho, gaúcho macho.
Comigo e bala no bucho e o buraco e mais embaixo.

Pra manter minha aparência passei um baita sufoco,
Por causa do meu cabelo às vezes me chamam de loco,
Na frente eu tenho o topete e atraz eu só tenho os toco,
E que tenho muito cabelo mais penteio muito poco.

Eu sou gaúcho, gaúcho macho.
Comigo e bala no bucho e o buraco e mais embaixo,
Eu sou gaúcho, gaúcho macho.
Comigo e bala no bucho e o buraco e mais embaixo.

Um dia você me amou eu também amei você,
Na vida de dois amantes tudo pode acontece,
No tempo que tu me tinha eu não queria te te,
Agora que eu te tenho e tu que não que me te.

Eu sou gaúcho, gaúcho macho.
Comigo e bala no bucho e o buraco e mais embaixo,
Eu sou gaúcho, gaúcho macho.
Comigo e bala no bucho e o buraco e mais embaixo.

Eu sou gaúcho, um gauchão,
Comigo e bala no bucho e o buraco e contra o chão,
Eu sou gaúcho, um gauchão,
Comigo e bala no bucho e o buraco e contra o chão,
Eu sou gaúcho, um gauchão,
Comigo e bala no bucho e o buraco e contra o chão,

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir