Tic tac, tic tac
Tic tac, tic tic tac
Tic tac, tic tac
Tic tac, tic tac
Tic tac, tic tac
Tic tac, tic tic tac

Havia um relógio muito engraçado
Que não queria mais trabalhar
Pois os seus ponteiros passavam
O tempo todo sempre a brigar

O ponteiro das horas estava chateado
Pois outros que corriam demais
Eles sempre estão na minha frente
Agora paro, não trabalho mais!

O ponteiro dos minutos sempre sonhava
Numa vida nova muito melhor
Já estou cansado deste trabalho
Agora chega, não trabalho mais!

E assim ele era feliz
E o relógio parado pra que serve?
Mas juntos disseram
Desculpe, se quiser recomeçamos a vida em unidade

E então o ponteiro das horas
Deixa sempre os outros passarem
Pois sabe que andando lentamente
A hora certa poderá indicar

O ponteiro dos minutos está muito satisfeito
Já não quer parar seu trabalho
Pois vivendo só para os outros
Encontrou a felicidade

O relógio da hora já se tornou
Muito mais potente com o seu motor
E ninguém mais o consegue parar
Porque está carregado de amor

Tic tac, tic tac
Tic tac, tic tac
Tic tac, tic tic tac
Tic tac, tic tac
Tic tac, tic tac
Tic tac, tic tac
Tic tac, tic tic tac

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir