exibições 68.108

Não se incomode, o que a gente pode, pode
O que a gente não pode, explodirá
A força é bruta e a fonte da força é neutra
E de repente a gente poderá

Realce, realce
Quanto mais purpurina, melhor
Realce, realce
Com a cor do veludo
Com amor, com tudo de real teor
De beleza

Realce (realce)
Realce (realce)
Realce (realce)
Realce (realce)

Não se impaciente, o que a gente sente, sente
Ainda que não se tente, afetará
O afeto é fogo e o modo do fogo é quente
E de repente a gente queimará

Realce, realce
Quanto mais parafina, melhor
Realce, realce
Com a cor do veludo
Com amor, com tudo de real teor
De beleza

Realce (realce)
Realce (realce)
Realce (realce)
Realce (realce)

Não desespere, quando a vida fere, fere
E nenhum mágico interferirá
Se a vida fere com a sensação do brilho
De repente a gente brilhará

Realce, realce
Quanto mais serpentina, melhor
Realce, realce
Com a cor do veludo
Com amor, com tudo de real teor
De beleza

Realce
Realce
Realce (realce)
Realce (realce)

Realce
Realce
(Realce)
(Realce)

(Realce)
(Realce)

Realce
Realce
Realce (realce)
Realce (realce)

Realce (realce)
Realce (realce)
Realce (realce)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Gilberto Gil. Essa informação está errada? Nos avise.
Legendado por Mariobrodi. Revisões por 4 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog