Minha Jovem Vizinha

Gilberto Gil

exibições 1.123

Eu gosto tanto da jovem vizinha
Pena que ela ache tão estranha minha maneira de ser
Ser do meu jeito, bem que ela queria
Pena que a vontade foi tão reprimida que não dá mais pé
Porque ela pensa que a culpa é minha
Da natureza ter espalhado a vida por aí
Mas tudo é só porque ela está sozinha
Com grilos e grilhões que a mãe deixou antes de sair
Às compras

Eu também gosto da mãe da vizinha
Pena que ela faça uma idéia tão errada de Jesus
Parece até que ela não adivinha
Que não foi exatamente por ser como ela é
Que o mestre foi parar na cruz
Que não foi exatamente por dizer o que ela diz
Que o mestre foi parar na cruz
Que não foi exatamente por fazer como ela faz
Que o mestre foi parar na cruz

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir