Meus amigos, hoje, temos o grande prazer de apresentar
Um dos maiores repentistas do Brasil, Gildo de Freitas
Que se encontra neste palco, e vocês estão à vontade para escolher
Um tema para o Gildo de Freitas improvisar um verso
Querem pedir? Querem, têm alguma uma ideia? Querem pedir?
Faz verso pra vovozinha
Pera' aí, meu amigo
O senhor parece que está querendo divertir a custa de Gildo de Freitas e
Como eu já disse no início, Gildo de Freitas é o maior repentista do Brasil
Portanto
Perdão, meu amigo, perdão
Eu já bem sei que o senhor tá querendo me defender minha causa
Mas é de justo, o mocinho tem razão
Pois é de fato você disse pra escolher o assunto
E o menino se agradou desse assunto
E isto também é um assunto pra quem faz verso
Você está de acordo Gildo de Freitas?
Mas como que não? Gaiteiro velho, puxa esta gaita, índio velho
Muito bem

Mocinho, preste atenção, e tu falasse em vovozinha
Querendo me fazer pouco, porém, eu não perco a linha
Se ela é morta Deus que dê bom lugar pra esta velhinha
Se ela é viva e me escutar, dê valor pra ideia minha

Palmas pro Gildo de Freitas
Valeu

Menino, eu tenho certeza que tu já te arrependeu
O ventre que te gerou, daquela velha nasceu
Para criar sua mãe e sabe lá quanto sofreu
Foi por intermédio dela que o senhor apareceu

Menino, tu me perdoa, mas não posso ficar quieto
Garanto que a tua vó rezou muito pelo neto
Para que tu te criasse um homem honesto e correto
E o senhor não sabe dar pra ela o valor completo

Você me fez pouco caso, porém, a mim, não me afeta
Porque o perdão tem lugar pra pessoa analfabeta
Já atendi seu pedido, escuta, acalma e te aquieta
E nunca mais faço pouco da memória de um poeta

Ai! Oh, platéia, me perdoe de tudo que eu disse agora
E o senhor, caro mocinho, meu verso não ignora
O relógio tá dizendo: Gildo Freitas, vai te embora!
Boa noite que eu vou com Deus e fiquem com Nossa Senhora

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Gildo De Freitas. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais posts