Foto do artista Gnr

Pronúncia do Norte

Gnr


Há um prenúncio de morte
Lá do fundo donde eu venho
Os antigos chamam-lhe relho
Novos ricos são má sorte

É a pronúncia do Norte
Os tontos chamam-lhe torpe

Hemisfério fraco outro forte
Meio-dia não sejas triste
A bússola não sei se existe
E o plano talvez aborte

Nem guerra, bairro ou corte
É a pronúncia do Norte
É um prenúncio de morte
Corre o rio para o mar

Não tenho barqueiro
Nem hei-de remar
Procuro caminhos
Novos para andar

Colheste os ramos
Onde pousavam
Da geada, às pérolas
As fontes secaram

Corre o rio para o mar
E há um prenúncio de morte

E as teias que vidram
Nas janelas
Esperam um barco
Parecido com elas

Não tenho barqueiro
Nem hei-de remar
Procuro caminhos
Novos para andar

É a pronúncia do Norte
Corre o rio para o mar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Toli César Machado · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Gner, Legendado por Luis
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.