Quem é você na fila do pão?!

Aquele que sabe o que quer
Que se apresenta, pai, tia, mulher
O mesmo que era há dias atrás
O que diz que faz e não quer mais

Seja panda, branco, preto, asiático
Sem preconceito, isso é fantástico!
Guenta mão João, segura a sua brisa
Quero te ver na última forma do Frezza!

Quem é você na fila do pão?!
Quem é você na fila do pão?!
Quem é você na fila do pão?!
Quem é você na fila do pão?!

Na fila das infinitas possibilidades
Onde não cobram suas habilidades
Onde está a sua característica?
Não ser só mais um na estatística

Um cara que foi assaltado
Por um homem de terno e engravatado
A mina que foi molestada
Pega os falsetes, senta porrada!!!

Quem é você na fila do pão?!
Quem é você na fila do pão?!
Quem é você na fila do pão?!
Quem é você na fila do pão?!

Flor da vida, panda, Krishna, Cristo
Já nem sei mais se existo
Na fila quero comprar meu sonho, então
Quem é você na fila do pão?!

Foda-se suas brisas de faculdade
A universidade da vida a realidade
Vinte quatro horas constante
Enquanto presos políticos leem dante

Na fila do pão eu percebo
Como o mundo é um grande placebo
Na fila do pão quero ser eu
Sem máscaras, façades, apenas eu!

Quem é você na fila do pão?!
Quem é você na fila do pão?!
Quem é você na fila do pão?!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Aglemon Flores / Claudio Wendel · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por GR@MA
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.