Samba Enredo 2011 - Águas de Março

G.R.E.S Renascer de Jacarepaguá (RJ)

exibições 2.759

O amor... Que o ciúme fez chorar
Quando a montanha de Tupã aprisionou
A luz do dia como a lua desejou ô
O sol a tristeza no mar afogou
E da bela princesa tupi
Em seu soluçar jorrou
Na serra o caminho das águas para a criação
Dos rios e cachoeiras em profusão
A vida no campo desperta
Semeia um sonho e faz
Um novo tempo aflorar

Vêm da casa grande um cheiro que é bom
Da terra molhada o café a brotar
Eu sou... Felicidade eu sou... Com esse clima a me levar

Do alto as nascentes e suas magias
A diversidade é tão natural
São oito cidades em plena harmonia
Formando um paraíso sem igual
Vou mergulhar... Nas corredeiras do meu lazer
O esporte faz a emoção da adrenalina em dimensão
As águas vão rolar e escorrer pelo chão
Pra nos abençoar trazendo purificação
E lava o meu corpo, transborda em minha alma
Oh natureza de um povo divinal
És a dona das águas que emergem em março
No meu carnaval

Na fonte da vida eu vou me banhar
Berço das águas vêm saciar
A minha sede é tremenda, para a vitória chegar
Sou Renascer de Jacarepaguá

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Andre Kaballa / Carlos Dias / Di Bamba / Jayme Cesar / Maurinho Valle · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Romulo
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.