Ontem eu da roça regressei
no banquinho me sentei
e fiquei pra descansar
fiz um cigarro de palha
comecei a pensar na vida
pra depois ir me deitar

Quando entre os galhos lá da mata
vi um lençol bordado em prata
pela rosa se estender
e com o cigarro feito
a viola junto ao peito
esqueci de adormecer

Fiquei olhando a rosa iluminada
a lagoa prateada
e a viola a me entreter
a noite foi uma tranquilidade
nem tristeza nem saudade
me vieram aborrecer

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog