A força do tempo não foi o bastante
Pra te afastar de mim
Ás vezes eu tento te manter distante
Mas não é tão fácil assim
Sinto falta do seu bom humor
Nossos beijos no elevador
Meu Deus que barra, que barra
Já faz cinco anos e um mês
Que eu à vi pela última vez, pois é
Eu conto, eu conto e não deixo morrer a esperança de ver você voltar
E se você voltar, pode acreditar
Que em um segundo vai saber
Que era eu, que sou eu, sempre fui eu o seu verdadeiro amor
Nunca desisti, só te escrevi
Pra deixar bem claro pra você
Que era eu, que sou eu, sempre fui eu o que você procurou
É só voltar pra onde me deixou

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts