Eu que sempre fui de liberdade
Quem diria, ia me apegar
Ia me apegar
E do jeito que você rebola
Dá vontade de te devorar
Me faz delirar

Me deixa apagar o teu fogo
Te pegar com gosto
E entrar no teu jogo
Que eu também sei jogar
Sei jogar
Eu sei que ‘cê’ sabe o que eu quero
Não nego, te espero com a porta aberta
É só você chegar

Pra fazer como eu gosto de novo
Tira tudo devagar até você me deixar louco
Pra fazer como eu gosto de novo
Disposto, não paro e me acabo
Depois que o suor escorrer no teu rosto
Pra fazer como eu gosto de novo
Fui brincar de sacanagem
Mas viciei no teu corpo
Pra fazer como eu gosto de novo
Eu não tenho culpa
Se é você quem faz gostoso

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: PEDRO MENDES. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por SCSC. Revisão por Gu. Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts