Cê sabe que o povo comenta sempre
Que eu presto pouco e você já enrolou muita gente
Não tenta de novo, nem chega tão perto
Vai ser perigoso eu e você, se o beijo der certo

Mas você chegou, o beijo rolou
A noite passou e a gente acordou
Olhando pro teto, o nosso reflexo sem roupa
O peixe morre pela própria boca

Como é que faz
Quando nenhum dos dois é flor que se cheira?
Quando a malandra se apaixona no tranqueira?
Quando foi sério o que era pra ser brincadeira?

Como é que faz
Quando nenhum dos dois é flor que se cheira?
Quando a malandra se apaixona no tranqueira?
Quando foi sério o que era pra ser brincadeira?
O que era torto ou quebra ou endireita

Mas você chegou, o beijo rolou
A noite passou e a gente acordou
Olhando pro teto, o nosso reflexo sem roupa
O peixe morre pela própria boca

Como é que faz
Quando nenhum dos dois é flor que se cheira?
Quando a malandra se apaixona no tranqueira?
Quando foi sério o que era pra ser brincadeira?

Como é que faz
Quando nenhum dos dois é flor que se cheira?
Quando a malandra se apaixona no tranqueira?
Quando foi sério o que era pra ser brincadeira?
O que era torto ou quebra ou endireita
O que era torto ou quebra ou endireita

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Benuto / Guilherme / Leandro Rojas / Nicolas Damasceno · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Thami, Legendado por Ana
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.