Palavras, sonhos, pensamentos.
Cada cabeça é um mundo, um universo,
Sem saber decifrar tanto mistério,
Entender tanto caminho.
Em naves, em nuvens, sementes germinam.
Em novas mentes, sentimentos falam,
Tentando decifrar tanto mistério,
Tentando entender tanto caminho.

Querendo saber um pouco mais sobre nós mesmos.
Conhecer um pouco mais os nossos nós.
Encontrar a exata solução pela linha telefônica.
Abrir o que é real - o coração - num bate-papo virtual.
Descobrir o mundo, fazer contato, encontrar novo canal.

Completamente "marciano", marginal, ET exposto aos códigos do mundo,
Continuo um pop-trovador vivendo a ilusão dos filmes de paixão.
Continuo um poeta sonhador vivendo o clima dos filmes de terror.
Sou estrangeiro lá e cá, vivo entre o sonho e o destino.

A TV diz ter tudo a ver comigo.
Não vejo meu rosto refletido na tela.
Pela janela, quero ver uma estação espacial.
Coisa do século XXX é minha comunicação com as estrelas.
Coisa de outro planeta. Um contato imediato e natural.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir