Mais um dia vivido à base de café
E nada de um sinal seu
Eu preciso me desconvencer e dar no pé
Antes que vire um problema meu
Que geralmente não ligo muito pra essas coisas
De não me ligar, de não me procurar
Mas sempre existirá esse mosquito
Que te pica e te deixa esquisito

E eu já sei que vão dizer
Que eu não sou o cara certo pra você
Porque o rock n' roll nunca foi uma escola
E em poucos dias eu estarei nas ruas pedindo esmola
Porque eu não faço o tipo que manda flores
Eu não ligo a TV em domingo de céu azul
E eu não acho que as garotas vão se satisfazer
Com qualquer cover "yeah yeah yeah" Liverpool

Eu quero desenroscar o seu cabelo
Mas quando eu ouvir um não
Eu não quero ver dor de cotovelo
Se eu estiver em outro colchão
Porque somos partes interligadas, baby
Você no meu lugar seria a malvada
Dê um slowmotion no seu coração

E eu já sei que vão dizer
Que eu não sou o cara certo pra você
Porque o rock n' roll nunca foi uma escola
E em poucos dias eu estarei nas ruas pedindo esmola
Quero te ver sem precisar marcar horário
Porque isso é pra ontem
Mas todos sabemos que no final eu fico
Com a minha clássica cara de otário

Eu quero desenroscar o seu cabelo
Mas quando eu ouvir um não
Eu não quero ver dor de cotovelo
Se eu estiver em outro colchão
Porque somos partes interligadas, baby
Você no meu lugar seria a malvada
Dê um slowmotion no seu coração

One, two, three, four
Tudo que eu disse é que não era pra mandar na minha vida
Eu só precisava de um pouco de cuidado
Porque eu não sou esse cara assim tão durão
Às vezes demonstro que eu tenho um coração
E eu espero que as pessoas que fizeram sua cabeça
Encontrem alguém tão baixo que também as mereça
Passam-se as páginas e morrem-se os santos
Os culpados se escondem pelos cantos

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog