Elias no Carmelo orou
Com insistência a Deus
Curvado ao pó, com fé clamou
Por chuva lá dos céus

Chuva, manda Senhor
A chuva do Santo Consolador
Manda chuva forte, Salvador
Na Tua igreja faz descer
A chuva de poder

Vai, servo meu, do monte olhar
Se nuvens negras vêm
Pois pode agora Deus mandar
A chuva a nós também

Uma nuvem surge qual u'a mão
No horizonte além
Ao longe ouve-se um trovão
Sim, muita chuva vem

Ó crente frio, vai buscar
A Deus em oração
E tua vida consagrar
P're receber a unção

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts