Ergo os meus olhos para os altos montes
O meu socorro, de onde me virá?
O meu socorro vem do Deus eterno
Que fez a terra, fez o céu e o mar

Ele te guarda se teu pé vacila
Teu guarda nunca tosquenejará
É tua sombra: Nem de noite a Lua
Nem o Sol de dia te molestarão

Todos os males Ele é quem afasta
Pois tua alma Ela guardará
Guarda a saída, guarda a tua entrada
Sim, desde agora, para sempre, amém

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts