Aqui sentado nessa mesa
Só o copo de cerveja é minha companhia
E essa casa está tão cheia
E parece vazia sem você comigo

E hoje está fazendo um ano
Aqui no meu calendário ainda está marcando
O dia e o mês, foi a primeira vez
E o que me prometeu, será que se esqueceu?

De todos nossos planos, nossos filhos, nosso apartamento
Da nossa lua de mel, do nosso casamento
Como pude acreditar nesse seu juramento?
E agora estou sozinho outra vez

De copo sempre cheio, coração vazio
Tô me tornando um cara solitário e frio
Vai ser difícil eu me apaixonar de novo
E a culpa é sua

Antes embriagado do que iludido
Acreditar no amor já não faz mais sentido
Eu vou continuar nessa vida bandida
Até você voltar

De todos nossos planos, nossos filhos, nosso apartamento
Da nossa lua de mel, do nosso casamento
Como pude acreditar nesse seu juramento?
E agora estou sozinho outra vez

De copo sempre cheio, coração vazio
Tô me tornando um cara solitário e frio
Vai ser difícil eu me apaixonar de novo
E a culpa é sua

Antes embriagado do que iludido
Acreditar no amor já não faz mais sentido
Eu vou continuar nessa vida bandida
Até você voltar

De copo sempre cheio, coração vazio
Tô me tornando um cara solitário e frio
Vai ser difícil eu me apaixonar de novo
E a culpa é sua

Antes embriagado do que iludido
Acreditar no amor já não faz mais sentido
Eu vou continuar nessa vida bandida
Até você voltar

Até você voltar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Juliano Tchula / Marília Mendonça. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por S. Legendado por Milena e mais 2 pessoas. Revisões por 6 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog