Eu tô no auge
Eu tô na praia
Eu tô sem pressa
Tô com a galera
Consagrando em roda

Eu tô no lagoa
Cidade baixa
Eu tô de gravata
E o meu sapato é um pé de pato

Bom, bom, bom, bom, bom

Sob a tua sombra fresca
Debaixo do teu cobertor
Em cima da tua sobremesa
Dentro do teu isopor

Bem na boa, tranquilinho
Um-a-um

Mas não ouse
Jamais sequer tentar me acordar
Antes do galo cantar
Cabeças vão rolar

Tranquilo demais
Tranquilo demais

Bom, bom, bom, bom, bom

Eu tô auge, eu tô na praia
De pé de pato, tô com a galera
Consagrando em roda

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir