Nao sei porque pensou
(que eu nao era o que eu sou)
sempre a se iludir
(me fazendo rir)
e neste momento
(eu volto a respirar)
vendo voce sofrer
(vivo eu sinto estar)

Vozes insistem em lembrar
o que eu fiz pra ficar
sozinho

confesso que gostei
(de te ver assim)
rasgada pelo chao
(e eu sujo de carmim]
tente entender
(q a vida eh assim)
nao adianta se esforcar
(ela sempre chega ao fim)

Vozes insistem em lembrar
o que eu fiz pra ficar
sozinho
nao se engane ao pensar
que a culpa mudara
tudo o que sou

e a sua ausencia
nao trara
lagrimas aos olhos de ninguem

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts