Você andou dizendo por aí que vai embora
E diz que ainda não foi de dó de mim, de dó de mim
Tá toda vizinhança com pena de mim agora
Na ruas todos dizem tadim tadim
Capaz que eu vou chorar que eu vou sofrer me iludir
Com essa mulherada dando sopa por aí
Vou chamar meus amigos, vou pra um bar comemorar
Pensei que dessa encrenca eu nunca iria escapar

Vai, vai, vai que eu parto pra outra
Agora que você vai eu to livre, pra beijar na boca
Vai, vai, vai que eu parto pra outra
Agora que você vai, eu tô livre, pra beijar na boca

Você fez piadinhas comigo pra me humilhar,
Mas felizmente você não tem o dom de contar
Não teve graça e você só levou a pior
Meu bem quem ri por último
Ah ri melhor
Vou contar pra você quem é tadim tadim
Com essa mulherada dando em cima de mim
Tô numa boa tô curtindo um mar de solteirão
Tô lindo, tesão, bonito e gostosão

Vai, vai, vai que eu parto pra outra
Agora que você vai eu tô livre, pra beijar na boca
Vai, vai, vai que eu parto pra outra
Agora que você vai, eu tô livre, pra beijar na boca

Vai, vai, vai que eu parto pra outra
Agora que você vai eu tô livre, pra beijar na boca
Vai, vai, vai que eu parto pra outra
Agora que você vai, eu tô livre pra beijar na boca
Agora que você vai, eu tô livre pra beijar na boca

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir