Chega pra lá com esse refrigerante de laranja
Chega pra lá com essa pulseira prateada
Chega pra lá com esse negocinho que arde o olho
Tá todo mundo aqui no mesmo bolo

Mão na cabeça pra quê?
Me explica aí, seu doutor
Se eu tô passando na boa
Você vai, também vou

Peça licença, meu velho!
Ninguém aqui é invisível
Siga na paz, que eu também tô indo

É no respeito e no limite!
A favela tá avisando
Pra não ter disse me disse

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir