Ela não me olha quando passo de "a pé"
Quando pego o mesmo ônibus não senta do meu lado
Sei onde ela mora e também sei o seu nome
Mas ela me ignora e nunca passa o telefone

Mina sei que teu negócio é grana
Pouco lhe interessa se o cara é um mané
Velho desbotado ou pé de cana
Mas tendo uma carteira recheada de dinheiro
Em seu bolso é tudo que você mais quer

Ela não me olha quando passo de "a pé"
Quando pego o mesmo ônibus não senta do meu lado
Sei onde ela mora e também sei o seu nome
Mas ela me ignora e nunca passa o telefone

Teu rosto de santinha não me engana
Moça recatada linda da cabeça aos pés
Mas eu conheço bem a sua fama
Depois de umas "cachaça" aquela moça comportada
Se transforma na mulher do cabaré

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts