Na dura frieza do dia a dia
Que você aprendeu, pobre Daniel
Que as respostas não caem do céu

O que vai restar a seu filho mais novo
Já que o aço foi trocado pelo plástico
E sua casa é de papel?

Será que o prazer de tocar sua guitarra
E a gratidão de chutar uma bola
Vão lhe render juros ou não?

Foram bons os tempos das descobertas da juventude
Mas hoje você gosta de pernas bem mais grossas
O padrão tão baixo da sua casa de papel
O seu filho mais novo, pobre Daniel!

E quando você está inseguro
Fazendo sempre as mesmas perguntas
Esperando respostas caírem do céu

O que vai restar a seu filho mais novo
Já que o aço foi trocado pelo plástico
E sua casa é de papel?

Você não vai ouvir nada do céu
Será que não notou que nós vivemos num inferno?
E o padrão caindo da sua casa de papel
O seu filho mais novo, pobre Daniel!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir