Seis horas da manhã
E eu bebendo virado
Com o som ligado
Pensando em você

Já liguei várias vezes
Mas não me atende
Tô quase doente de tanto sofrer

E a batida do grave
Batendo sem compaixão
E o som desse piseiro
Pisa no meu coração

Eu já bebi tudo o que eu tinha pra beber
Só não esqueci de quem devia esquecer

Iê, iê, iê, iê
No copo tem cachaça, no coração tem você
Lapada de saudade que maltrata e faz doer
Volta bebê, se não eu volto a beber

Iê, iê, iê, iê
No copo tem cachaça, no coração tem você
Lapada de saudade que maltrata e faz doer
Volta bebê, se não eu volto a beber

Iê, iê, iê, iê

Seis horas da manhã
E eu bebendo virado
Com o som ligado
Pensando em você

Já liguei várias vezes
Mas não me atende
Tô quase doente de tanto sofrer

E a batida do grave
Batendo sem compaixão
E o som desse piseiro
Pisa no meu coração

Eu já bebi tudo o que eu tinha pra beber
Só não esqueci de quem devia esquecer

Iê, iê, iê, iê
No copo tem cachaça, no coração tem você
Lapada de saudade que maltrata e faz doer
Volta bebê, se não eu volto a beber

Iê, iê, iê, iê
No copo tem cachaça, no coração tem você
Lapada de saudade que maltrata e faz doer
Volta bebê, se não eu volto a beber

Iê, iê, iê, iê
No copo tem cachaça, no coração tem você
Lapada de saudade que maltrata e faz doer
Volta bebê, se não eu volto a beber

Iê, iê, iê, iê

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Caio Sanfoneiro / Felipe Amorim / Jack Pallas / Kaleb Junior / Vitinho · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Júlia, Legendado por Júlia
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.