Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da 13ª Vara da Família da Comarca da Capital - S.P.
Desventura Martírio Calvário da Cruz, Brasileiro, casado, portador da cédula de identidade R. G. nº 9x13 de São Paulo, residente domiciliado à Rua que Sobe Desce portanto o nº por favor vê se esquece, representado neste ato por sua advogada que esta subscreve, vem mui respeitosamente à presença de V. Excia., requer separação de corpos como medida cautelar preparatória, nos termos de artigo 13 de código civil e artigo 13 da lei nº 13.13 de 13 de abril de 1.900 e nada, contra Estropício Flagelo Esquizo Lunática Corda de Espinhos, portadora da cédula de identidade R. G. mil vezes 13, passando a expor de forma clara e inequívoca através do consagrado compositor, cantor e arranjador da música popular brasileira, Jards Macalé, pois dada a gravidade do assunto ofereceu-se gentil e espontaneamente, para interpretar este desabafo, no lugar do Sr. Desventura. Como o próprio nome diz, não sabe cantar. Eis os fatos e fundamentos Excia.:

Quando já é madrugada mexe o trinco da porta
Eu dormindo sossegado e você chegando torta
Penso ser troço mandado pois a coisa anda solta
Desmilingüida na escada você parecia outra
Estava doida varrida farrapo trapo danada
Esparramada caída tendo que ser carregada
O que que faço com isso perguntava enquanto olhava
Para você Estropício que gemia delirava
De palhaçada já chega muito à troco de nada
Sou eu quem segura as bombas quando você xinga os guardas
Amanhece com ressaca não consegue abrir as pálpebras
Umas nas outras coladas parecendo que tá morta
Passou da medica chega transbordou o copo d'água
Pra que que quero quem chega quando já é madrugada
Acordando o mundo inteiro vomitando na calçada
Pra que quero quem chega e já não presta pra nada
Quando já é madrugada...

Como V. Excia. Pode constatar à bem da verdade, acrescento à esse argumento convicente, e magistralmente cantado, o seguinte:
Dessa união nasceram muitos filhos, o requerente pleiteia que V. Excia. Determine que a requerida deixe o lar conjugal, face ao seu comportamento até porque a separação de corpos como medida preparatória de desquite é de ser antes concedida do que negada. Requerendo a procedência da ação e dando causa e valor de muitos dólares por dar samba pede deferimento.

Justina Justiniana Justa Divagando Legal de Nascença
U.A.U. União dos Advogados Universais

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts