Venha até São Paulo
São Paulo tem Socorro, tem Liberdade e tem Bom Retiro
Tem Saúde, tem Luz sem ter claridade
Tem Concórdia, tem Vila Esperança, tem gente e mais gente cabe, invade
São Paulo tem muitos santos espalhados pelo estado
Tem São Judas, São Caetano, Santo André, tem São Bernardo
Tem São Miguel, São Vicente, do outro lado tem São Carlos
Tem santo que nem me lembro
São João Clímaco, Santo Amaro e a capital São Paulo
Tem o largo de São Bento no centro e no litoral tem Santos, há santas também, é claro!
Santa Efigênia, Santana, Santa Cecília, tem Santa Clara

Venha até São Paulo ver o que é bom pra tosse
Venha até São Paulo, dance e pule o rock and rush
Entre no meu carro vamos ao Largo do Arouche
Liberdade é bairro mas como Japão fosse

Venha nesse embalo, concrete, fax, telex
Igreja, Praça da Sé, faça logo sua prece
Quem vem pra São Paulo, meu bem, jamais se esquece
Não tem intervalo, tudo depressa acontece

Não tem intervalo, tudo depressa acontece
Não tem intervalo, tudo depressa acontece
Não tem intervalo, tudo depressa acontece
Não tem intervalo, tudo depressa acontece
Não tem intervalo

Vai e vem e tchan e tchum, êta sobe desce
Gente do nordeste, do norte aqui no sudeste
Batalhando nesse mundaréu de mundo que só cresce
Que só carece, que só cresce
Que só carece, que só cresce

Venha até São Paulo relaxar, ficar relax
Tire um xerox, admire um triplex
Venha até São Paulo viver à beira do stress
Fuligem, catarro, assaltos no dia dez

Venha até São Paulo ver o que é bom pra tosse
Venha até São Paulo, dance e pule o rock and rush
Entre no meu carro vamos ao Largo do Arouche
Liberdade é bairro mas é como Japão fosse

É Torre de Babel, é inflação, é vendaval, é só papel
Esperanças vão morrendo, é só quimera
E mais quimera e mais quimera
É não e não e fel e fel, mas que escarcéu que a gente tá vivendo

Venha nesse embalo, concrete, fax, telex
Igreja, Praça da Sé, faça logo sua prece
Quem vem pra São Paulo, meu bem, jamais se esquece
Não tem intervalo, tudo passa tão depressa

Não tem carro mais cantando, não tem mais gente vendendo
Veja só que mundaréu, que frio que tá fazendo
Garoa, neblina, sereno formando um véu
Quem me dera ver o céu, mas eu só fico querendo

Vai e vem e tchan e tchum, êta sobe desce
Gente do nordeste, do norte aqui no sudeste
Batalhando nesse mundaréu de mundo que só cresce
Que só carece

É tanta água despencando lá do céu, meu deus do céu
Meu deus do céu, meu deus do céu
O que que tá acontecendo?
São Pedro que ficou pinel com raiva de São Paulo?
É primavera, é primavera, só que só fica chovendo

Venha até São Paulo relaxar, ficar relax
Tire um xerox, admire um triplex
Venha até São Paulo viver à beira do stress
Fuligem, catarro, assaltos no dia dez

Venha até São Paulo ver o que é bom pra tosse
Venha até São Paulo, dance e pule o rock and rush
Entre no meu carro vamos ao Largo do Arouche
Liberdade é bairro mas é como Japão fosse

Venha nesse embalo, concrete, fax, telex
Igreja, Praça da Sé, faça logo sua prece
Quem vem pra São Paulo, meu bem, jamais se esquece
Não tem intervalo, tudo depressa acontece

Vai e vem e tchan e tchum, êta sobe desce
Gente do nordeste, do norte aqui no sudeste
Batalhando nesse mundaréu de mundo que só cresce
Que só carece

Venha até São Paulo relaxar, ficar relax
Tire um xerox, admire um triplex
Venha até São Paulo viver à beira do stress
Fuligem, catarro, assaltos no dia dez

Venha até São Paulo (venha ver o que é bom pra tosse)
Venha até São Paulo, venha até São Paulo (Pule o rock and rush)
(São Paulo tem Socorro, tem Liberdade, Rita Lee)
Venha até São Paulo (São Paulo tem Rita Lee)
Venha até São Paulo (c'mon) (tem Bom Retiro) (tem Adoniran Barbosa)
(Tem Liberdade) Venha até São Paulo (tem São Bernardo?) (tem!)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts