Hoje eu estou aqui
Por sorte não por ser forte
Porque que sobrevivi, não sei
Sei que não foi blefe ou trote

Anteontem na UTI
Foi me visitar a morte
Mesmo sedado senti
Seu bafo no meu cangote

De susto quase morri
Deu pânico, quase entrei em choque
Quando nas mãos dela eu vi
o invés da foice, serrote

Disse vim te advertir
Somente pra dar uns toques
Burrice tentar fugir
Cuide-se bem, se comporte

Daí desando a rir
Do carater, ri da corte
Passou a se divertir
Me dando corque e mais croque

Quando resolveu partir
Entregou-me um passaporte
Gritou antes de sumir
"Alem de servir de mote
Vim ajuda-lo a assumir de vez
O seu lado pop
Então é só decidir se morte é mote
Pra funk ou pra xote"

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts