Peguei minha viola fiz um verso
Pra virar pelo avesso o sofrer do coração
Que bate forte, bate feito uma zabumba
Acelerado no compasso de tanto bater em vão

E você que me olhou daquele jeito
Me deixou num desconcerto quase que fiquei sem chão
Foi se chegando te roubei devagarinho
E você bem de mansinho me entregou seu coração

Te dou um cheiro amor
Você me dá calor
Nesse namoro pra teu fogo me aquecer
Te dou um cheiro amor
Você me dá calor
Que eu tô doidinho de vontade de você

Peguei minha viola fiz um verso
Pra virar pelo avesso o sofrer do coração
Que bate forte, bate feito uma zabumba
Acelerado no compasso de tanto bater em vão

E você que me olhou daquele jeito
Me deixou num desconcerto quase que fiquei sem chão
Foi se chegando te roubei devagarinho
E você bem de mansinho me entregou seu coração

Te dou um cheiro amor
Você me dá calor
Nesse namoro pra teu fogo me aquecer
Te dou um cheiro amor
Você me dá calor
Que eu tô doidinho de vontade de você


Te dou um cheiro amor
Você me dá calor
Nesse namoro pra teu fogo me aquecer
Te dou um cheiro amor
Você me dá calor
Que eu tô doidinho de vontade de você

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Benil Ramos / Ivan Gadelha · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Ivan
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.