Nosso amor é uma vereda
Onde a Lua se derrama
Somos lenha e labareda
Uma paixão em plena chama

Sei que a vida tá brabeira
Tanto amor na corda bamba
Que alegria é passageira
Frágil como porcelana

É, às vezes tudo é lindo
Às vezes tudo engana, mas
Basta um beijo teu e eu
Ai, ai, ai, ai, ai, ai

É, às vezes tudo é lindo
Às vezes tudo engana, mas
Basta um beijo teu e eu
Ai, ai, ai, ai, ai, ai

Pudera
Você é o grande amor
Da minha vida
Pudera
Você é o grande amor
Da minha vida

Baile, festa ou domingueira
Saca a banda, vem me chama
Pra essa salsa brasileira
Meio Rio, meio Havana

Dança roda e serpenteia
Ou me leva então pra cama
Ao som de Guantanamera
Noches de Copacabana

É, às vezes tudo é lindo
Às vezes tudo engana, mas
Basta um beijo teu e eu
Ai, ai, ai, ai, ai, ai

É, às vezes tudo é lindo
Às vezes tudo engana, mas
Basta um beijo teu e eu
Ai, ai, ai, ai, ai, ai

Pudera
Você é o grande amor
Da minha vida
Ai era
Você é o grande
Amor da minha vida

Pudera
Você é o grande amor
Da minha vida
Ai era
Você é o grande
Amor da minha vida

É, às vezes tudo é lindo
Às vezes tudo engana, mas
Basta um beijo teu e eu
Ai, ai, ai, ai, ai, ai

É, às vezes tudo é lindo
Às vezes tudo engana, mas
Basta um beijo teu e eu
Ai, ai, ai, ai, ai, ai

Pudera
Você é o grande amor
Da minha vida
Ai era
Você é o grande
Amor da minha vida

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Ivan Lins / Vitor Martins. Essa informação está errada? Nos avise.
Legendado por jeronimo. Revisões por 4 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog