Se lembra de quando "nóis era" guri
Sentados na grama do nosso quintal
Fitando o voo de um colibrí
E achando o mundo natural

Se lembra de quando "nóis sentava" alí
Curtindo o cheiro da terra que a chuva molhou
Tentados pelo luminar das estrelas
Juramos jamais separar nossas mãos

Mas o tempo este diabo
Não tem freios pra sinais
Nos arrasta incontinenti
Nos reveste de ideais
Abre novos horizontes
Faz a gente se esquecer
Das promessas que fizemos
Inda ontem

Nesses nossos descaminhos
Somos brisa
A levar os seus odores
Somos presas dos humores
Semelhantes aos mistérios
Das marés

Nesses nossos descaminhos
Somos dunas
Procurando seu lugar
Somos aves a migrar
Somos feito rio
Levando embarcações

Somos feito rio
Levando embarcações

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir