exibições 23.534
Foto do artista Jairo Lambari Fernandes

A noite cai
E eu busco no silêncio do galpão
Perdido num olhar, além de nós
Num mate que jujei de solidão

Vivendo assim
Na ausência dos teus braços, coração
Lembrando o doce que teus lábios têm
Pedindo pra compor essa canção

Vai coração
E leva o meu silêncio onde ela está
E diga a dor que trago no olhar
Das noites que mateei com a solidão

Diz coração
Que eu já limpei o rancho e o jardim
E as flores anunciam o teu sim
Pra um mate que cevei de coração

Diz ainda, coração
Que apesar da solidão
Meus silêncios são de espera
Que o florir da primavera
Traga a flor do meu rincão

E se acaso, coração
A resposta for um não
Vou ser mais que um corredor
Vou morrer por ser amor
Por ser alma e solidão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir