Como um lavrador sozinho você preparou
A terra do seu coração
Com suas próprias mãos
Como um lavrador alí você plantou
Uma semente uma razão
Seu motivo pra viver
Com lagrimas da esperança você regou
Mas o tempo covardemente te enganou
E te fez pensar que a semente
Que você regou no coração morreu

Não, seus sonhos não vão morrer
A semente vai nascer dentro do seu coração
Deus estende as suas mãos toca no seu coração
Transformando morte em vida te devolvendo a razão
De viver de sonhar e de crer
Basta crer

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir