Originaliza o meu coração pirata
Só me faz sorrir, cura a minha dor
Perco a noção do tempo e a data
Canta com encanto e canta o amor

Suave, livre, leve
Comigo te levaria
Pra longe, pra onde você quiser
E se o tempo parasse
Eu esperaria
Espero sentada ou de pé

Não me deixe, não!
Vem, me resgata!
Minha vida tem sido ingrata
E quando sua
Ausência me mata
Eu tento entoar essa canção

Ser ou não serenata?
Segredo revelado em poesia
E na medida exata
Entende minha vida, desvenda os mistérios
Que supõe nossa vã filosofia (nata)

Suave, livre, leve
Comigo te levaria
Pra longe, pra onde você quiser
E se o tempo parasse
Eu esperaria
Espero sentada ou de pé

Não me deixe, não!
Vem, me resgata!
Minha vida tem sido ingrata
E quando sua
Ausência me mata
Eu tento entoar essa canção

Ser ou não serenata?
Segredo revelado em poesia
E na medida exata
Entende minha vida, desvenda os mistérios
Que supõe nossa vã filosofia (nata)

Ser ou não serenata?
Segredo revelado em poesia
E na medida exata
Entende minha vida, desvenda os mistérios
Que supõe nossa vã filosofia (nata)

Serenata

Não me deixe, não!
Vem, me resgata!
Minha vida tem sido ingrata
E quando sua
Ausência me mata
Eu tento entoar essa canção

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts