exibições 5.892

Ninguém nunca entenderá, nem eu
Tudo quanto poderá o amor
Sendo amor, se caberá ser meu
Só o coração dirá

Se bem que o tom de voz me diz que vingará
Tenta, se engana, disfarça que ainda não percebeu

Mesmo só devendo olhar, valeu
Quis me por no seu lugar, não deu
Pois corre pra me abraçar, oh Deus
Pode tudo quem sonhar

Roubar um beijo, seu desejo, namorar
Nada que sinto é pecado é pra lamentar
Nasceu

Mas não me declarei
Não fiz e nunca farei
Porém, aconteceu
Esse amor é todo só meu

Mas não me declarei
Não fiz e nunca farei
Porém, aconteceu
Esse amor é todo só meu

Ninguém nunca entenderá, nem eu
Tudo quanto poderá o amor
Sendo amor, se caberá ser meu
Só o coração dirá

Se bem que o tom de voz me diz que vingará
Tenta, se engana, disfarça que ainda não percebeu

Mesmo só devendo olhar, valeu
Quis me por no seu lugar, não deu
Pois corre pra me abraçar, oh Deus
Pode tudo quem sonhar

Roubar um beijo, seu desejo, namorar
Nada que sinto é pecado é pra lamentar
Nasceu

Mas não me declarei
Não fiz e nunca farei
Porém, aconteceu
Esse amor é todo só meu

Mas não me declarei
Não fiz e nunca farei
Porém, aconteceu
Esse amor é todo só meu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog