Faça login para habilitar sua assinatura e dê adeus aos anúncios

Fazer login
exibições 6.322

Ninguém nunca entenderá, nem eu
Tudo quanto poderá o amor
Sendo amor, se caberá ser meu
Só o coração dirá

Se bem que o tom de voz me diz que vingará
Tenta, se engana, disfarça que ainda não percebeu

Mesmo só devendo olhar, valeu
Quis me por no seu lugar, não deu
Pois corre pra me abraçar, oh Deus
Pode tudo quem sonhar

Roubar um beijo, seu desejo, namorar
Nada que sinto é pecado é pra lamentar
Nasceu

Mas não me declarei
Não fiz e nunca farei
Porém, aconteceu
Esse amor é todo só meu

Mas não me declarei
Não fiz e nunca farei
Porém, aconteceu
Esse amor é todo só meu

Ninguém nunca entenderá, nem eu
Tudo quanto poderá o amor
Sendo amor, se caberá ser meu
Só o coração dirá

Se bem que o tom de voz me diz que vingará
Tenta, se engana, disfarça que ainda não percebeu

Mesmo só devendo olhar, valeu
Quis me por no seu lugar, não deu
Pois corre pra me abraçar, oh Deus
Pode tudo quem sonhar

Roubar um beijo, seu desejo, namorar
Nada que sinto é pecado é pra lamentar
Nasceu

Mas não me declarei
Não fiz e nunca farei
Porém, aconteceu
Esse amor é todo só meu

Mas não me declarei
Não fiz e nunca farei
Porém, aconteceu
Esse amor é todo só meu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Comentários

Envie dúvidas, explicações e curiosidades sobre a letra

0 / 500

Faça parte  dessa comunidade 

Tire dúvidas sobre idiomas, interaja com outros fãs de Jorge Aragão e vá além da letra da música.

Conheça o Letras Academy

Enviar para a central de dúvidas?

Dúvidas enviadas podem receber respostas de professores e alunos da plataforma.

Fixe este conteúdo com a aula:

0 / 500

Posts relacionados Ver mais no Blog


Opções de seleção