La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la
Coloque o teu crisol sob a luz polarizada

Ó meu filho
Lava as escórias com a água tri-destilada
Pois aquele que forja a falsa prata
E o falso ouro

Não merece a simpatia de ninguém
Pois aquele que é vil
Está ávido a ser malévolo
Não merece a simpatia de ninguém

La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la

Domine a imagem use força inferior superior
Use o conhecimento com perseverança e consciência
Pratique transmute a vontade com lealdade
E sinceridade

Seja atento e assíduo porque
A qualquer hora a qualquer momento
Pode estar nascendo o amor

La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la
Coloque o teu crisol
Coloque o teu crisol

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts